A prisão de Abashiri foi construída em 1890. Na época, o extremo nordeste de Hokkaido era um local isolado e de difícil acesso, ideal para abrigar mais de mil criminosos políticos que, mesmo muito bem encarcerados em outros presídios por todo o Japão, representavam grande perigo para a sociedade.    O lugar ganhou fama internacional através de uma série de filmes do diretor Teruo Ishii. O enredo cinematográfico abordava sobre a yakuza (ヤクザ), a máfia japonesa.

Em 1984, nos arredores da antiga prisão, foram erguidas outras novas estruturas para abrigar mais criminosos extremamente perigosos. Com a modernização, quase toda a antiga edificação foi preservada e virou o atual museu inaugurado em 1985. Lá, os turistas descobrem como era o cotidiano dos prisioneiros, visitando o prédio principal com suas cinco alas carcerárias construídas radialmente, o tribunal, uma casa de banho e uma câmara de punição. O moderno presídio de Abashiri está em operação, mas não recebe visitantes.

 

Horário de funcionamento

Aberto todos os dias do ano. Do mês de outubro de 2017 ao mês de abril de 2018, das 9h ás 17h.

Ingressos

Estudantes do nível primário e ginasial pagam 540 ienes. De colegiais a universitários são cobrados 750 ienes. Adultos em geral, 1.080 ienes. Descontos para idosos com ou mais de 65 anos, deficientes físicos e acompanhantes. Pela internet, é possível conseguir um cupom de descontos.

*Informações de novembro de 2017

Acesso

As viagens terrestres até a cidade de Abashiri (網走市) são viáveis se os visitantes têm bastante tempo disponível. Para encurtar o tempo de locomoção é recomendável o uso de transporte aéreo a partir do Novo Aeroporto de Chitose (新千歳空港, Shin-Chitose Kuko) em Hokkaido, desembarcando no Aeroporto de Memanbetsu (女満別空港 Memanbetsu Kuko). De lá, ônibus levam até a atração turística. Existem voos a partir do Aeroporto de Haneda (羽田空港 Haneda Kuko).

Endereço

Endereço:

〒099-2421 Hokkaido Abashiri Shi Yobito 1-1

Telefone: