Participe de festivais de Pipa

Participe de festivais de Pipa

Preparamos cinco dicas para você curtir esse feriadão.

3-Participe de festivais de Pipa

Um dos feriados que vem com a Golden Week é o Dia das Crianças, comemorado em 5 de maio. A designação da data foi feita no tal decreto de 1948 que acabou dando origem à Golden Week mas é uma celebração importante para os japoneses há muito tempo. Sua origem remonta ao Gosekku, as Cinco Celebrações Anuais da corte japonesa, uma importação de práticas chinesas adotadas pelo Japão entre os séculos 8 e 10. O Hina Matsuri, comemorado no dia de 3 de março, veio na mesma leva. Antes de virar feriado, o dia era dedicado somente aos meninos, como uma contrapartida ao Dia das Meninas, celebrado dois meses antes. E mesmo que hoje a data seja dedicada a todas as crianças, algumas festividades associadas à antiga celebração continuam existindo. É o caso dos Festivais de Pipa, que são realizados em algumas partes do país. O Hamamatsu Matsuri é um dos mais conhecidos eventos da categoria. Realizado entre 3 e 5 de maio, o festival é uma celebração dos nascimentos. Tudo começou quando o senhor do Castelo de Hikuma, hoje conhecido como Castelo de Hamamatsu, soltou uma pipa no nascimento de seu primeiro filho, Yoshihiro. Isso foi há mais de 450 anos. No passado, as famílias faziam o mesmo todos os anos para celebrar o nascimento do primeiro filho varão. Porém, nos dias de hoje, cada comunidade solta, no primeiro dia, uma pipa em homenagem a todos os primogênitos, independente do gênero. Nos dias seguintes, começa a batalha de cruzamento entre as pipas de todos bairros. Manja linha e cerol? Se essas palavras te dizem alguma coisa, esse matsuri também é pra você. Ah, não gaste toda a energia ao longo do dia. Durante a noite, os moradores partem em procissão pela cidade, acompanhando os goden-yatai, carros ricamente decorados com lanternas. Outra cidade que solta pipas nesta época do ano é Sagamihara, na província de Kanagawa. O evento se chama Sagami no Odako. Lá, no entanto, a comunidade substituiu as várias pandorgas — que eram empinadas tanto pelo nascimento dos filhos quanto por outros motivos como uma boa colheita — por uma pipa única por comunidade, só que em tamanho gigante. Segundo a organização, a maior delas é um quadrado com 14,5 metros de lado e pesa cerca de 950 quilos. Os moradores escolhem, também, um kanji para simbolizar o ano e estampam o caractere na pipa. Demais! Saitama também tem o seu festival de pipas, o Odakoage Matsuri. Lá, rola no bairro de Showamachi, em Kasukabe e a origem é totalmente diferente. Conta-se que, no ano de 1841, um monge passou pela região e teve uma revelação que envolvia uma pipa subindo e o aumento do preço da seda. Assim, os moradores fizeram pipas de diversos tamanhos e soltaram. A profecia se concretizou e a comunidade foi se tornando muito próspera. Desde então, os moradores passaram a empinar pandorga durante o festival dos meninos, como em outros lugares, escrevendo seus nomes nas pipas, sempre às margens do Edogawa, o rio que transportava os produtos da região até a capital. Nos dias de hoje, antes do evento com as pipas, pais e mães fazem preces em prol da saúde das crianças nascidas no período anterior. Os moradores empinam pandorgas de dois tamanhos, as maiores com cerca de 850 quilos.

Confira também